SEU CORPO FUNCIONA? SEM DORES?

A EXUBERÂNCIA POSITIVA DA EVOLUÇÃO TÉCNICA CIRÚRGICA DAS ESPECIALIDADES ORTOPÉDICAS VEIO DE ENCONTRO AO PRIMARISMO DOS TRATAMENTOS CONSERVADORES.

Não se trata sintomas em MEDICINA. O entendimento corporal progressivo nos levou à visualizar o primarismo da palavra “POSTURA”.

ISTO É PLÁSTICO?
BOA OU MÁ?
BONITO OU FEIO?

Definitivamente, não é nada disto!

SIMETRIA, SINERGIA, EQUILÍBRIO CORPORAL
Não se reeduca postura. NÃO SE ENSINA NINGUÉM A SENTAR, ANDAR, DEITAR ou CORRER.
OU TER UM BOM “GESTO ESPORTIVO”.
Essa visão é distorcida e proporcionalmente inversa ao entendimento fisiológico corporal. O corpo deve está pronto a FUNCIONALIDADE.

CORPOS SE CORRIGEM:
ESQUELETICAMENTE, MUSCULARMENTE E CONJUNTAMENTE. ATÉ AONDE VIÁVEL E DE FORMA CONSERVADORA.

CONCEITOS EQUIVOCADOS resultarão em RESULTADOS EQUIVOCADOS em todas as áreas de atuação.

Concluindo: A coluna vertebral, alinhada ou não, não serve de referência para se corrigir pacientes mecanicamente.

A CONTRAÇÃO DA PÉLVIS em ORTOSTASE (em pé) nos permite ganhar todos ALONGAMENTOS e paradoxalmente, ENCURTAMENTOS MUSCULARES, com alinhamento esquelético de forma SAGITAL com a PÉLVIS neutra e flexível, sem irradiar mecânica para a coluna vertebral e membros inferiores.

ISSO É TÉCNICO, NÃO É MÉTODO!